quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Oi! Olá! Como vocês estão?

Durante evento chamado experimentando diferenças um participante me perguntou se eu já havia chegado em ultimo alguma vez na minha vida como atleta..

 Eu pensei um pouco e disse: A vida não se trata apenas de vitórias, pois são nas derrotas que reconhecemos nossas limitações, erros, e qualidades que devem ser ampliadas, e sim eu já cheguei quase em ultimo, inclusive numa olimpíada, onde fiquei com a sexta posição e com a desclassificação do Bem Johnson subi para quinto lugar.
 Mas os grandes derrotados foram aqueles que naquela olimpíada
entraram usando doping, que não foi flagrado pelos exames da época, tirando a minha chance de ser campeão olímpico, esse sentimento é o que mais me deixa com o sabor da derrota, ou quando um jovem perde a vida na guerra contra as drogas, que tira a oportunidades, e revela uma face fria da sociedade, ai eu chego em ultimo, pois são muitos e os poucos que querem realmente fazer algo, esbarram na burocracia, na falsidade, na falcatrua, nos mentirosos, nos comandantes deste país que não cuidam direito das pessoas...

 E segui a brincadeira na corrida de cadeira de rodas, chegando inclusive em último para um grupo de mulheres que fizeram questão de disputar contra mim, e foi o máximo!! o rapaz que estava me observando a todo tempo acompanhado de sua mãe, me fez a pergunta talvez por ver um atleta medalhista olímpico super campeão chegar em último, e ainda sim estar sorrindo para todo aquele público, e para mim foi sensacional explicar para ele um dos valores que carrego comigo, a hombridade. 
#robsoncaetanomedalhistaolimpico
#robsoncaetanopalestranteolimpico
www.robsoncaetanodasilva.com.br
www.youtube.com/superRcaetano

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Rbson Caetano Dicas



 Mais um bom dia com a verdade esfregara em nossas caras, e como profissional de Educação Física fico a cada dia mais orgulhoso de minha profissão, por pessoas como João Derly, Luiz Lima , que buscam apresentar uma verdade de muitos contrastes e injustiças, que a 30 anos existem neste país!
 E vou citar Angela Merkel que disse aos profissionais na Alemanha 🇩🇪, que pediam equiparação salarial com os professores; “Eu não posso pagar a vocês mais do que quem ensinou a mim, e a todos nós”, somos um país de injustiças sociais que se instalaram por conta da omissão de muitos, e pela falta de caráter de outros, e no esporte temos uma ferramenta de fundamental importância se usada junto com a formação acadêmica!

terça-feira, 14 de novembro de 2017

EDUCAÇÃO E LAGRIMAS
Por Robson Caetano Da SIlva Prof de educação Física
 Hoje eu assisti a uma matéria sobre o  Silvio de Oliveira Alves, que chegou a uma das condições mais delicadas que um ser humano pode chegar, e mais grave ainda a uma das situações mais degradantes do profissional, apesar de ser digno, pedir, a mesma situação em determinadas condições expõe a natureza humana de forma gigante ou degradante, e é no mínimo digno das mais amplas discursões.

 Imaginem você chegar em casa e olhar para sua família sabendo que não poderá dar o mínimo para eles que é o alimento do mês; um professor pedindo ajuda para pagar suas contas do dia a dia, e o pior ter que pedir a mulher para que não diga aos filhos o que esta fazendo com medo de que, eles possam ter vergonha dele, por pedir num sinal de transito, professor Silvio, e essa matéria me fizeram chorar de raiva deste país, que é tão maravilhoso, e que tem em seu quadro politico algumas pessoas que sequer estudaram para ter os salários que tem, e olha que não atrasam, pois o dinheiro dos impostas não param de chegar a Brasília.

 Eu fiquei pensando como é possível, um profissional que tem a nobre missão de levar um ser humano de um Brasil afegã, a um Brasil Suíço través da educação passar por privações tão duras, e com família, casa, automóvel, obrigações que demandam recursos financeiros para serem resolvidas, ficar sem salários por meses, isso é desumano é falta de bom senso, de educação, respeito, e as minhas lagrimas estão a rolar por minha face por pensar que o Brasil todo vive crises que destroem o cidadão, e hoje já não é mais apenas o favelado quem sofre, aliás lá nas favelas vivem boa parte dos professores que hoje dão aula, e me dá um aperto no coração, não por viverem numa favela, e sim por perceber que uma pessoa assim não pode ajudar mais dentro da própria comunidade, onde tem tanta criança precisando de boa educação, pois não há como ele sobreviver com a miséria de salário que tem, e quando tem.

 Minha esperança é que a reforma politica seja levada a sério, que acabe o corporativismo dentro de Brasília, e por toda rede politica no Brasil, pois esse país aqui de pobre não tem nada, pois arrecada bem de imposto, mas distribui mal a renda abrindo espaço para mal feitores de terno e gravata.

ACORDA BRASIL!!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Consciência? Ou Respeito!
Por Robson Caetano
Meu respeito a todas as negras e e negros deste país e do mundo, por isso eu amo a gente de cor, a gente negra, a gente que faz e não tem reconhecimento, e principalmente aos que nos abriram as portas nos séculos passados!!

A minha consciência me diz que devo respeito a nomes como Francisco Carregal, o primeiro negro no esporte deste país, um jogador de futebol do Bsngu Atlético Clube,, abrindo a porta para um novo universo para os negros deste país.

 A  José Teles Da Conceição primeira medalha olímpica do atletismo em 1952 na cidade de Heldinki na Finlândia, o atleta saltou 1 metrô e 90 centímetros conquistando bronze.

A Adhemar Ferreira Da Silva bi-campeao olímpico do salto triplo Helsinki 1952 e Melburn 1956, criador da volta olímpica e adido cultural na Nigéria, compositor, ator, pintor e porque não um dos maiores representantes do marketing esportivo deste país.

Ao carismático João Carlos De Oliveira medalhista olímpico e que durante anos ostentou o recorde mundial do salto triplo com 17 metros e 89 centímetros aliás prova de Adhemar, e que também produziu outro gigante.

O que dizer de Nelson Prudencio..., calma deixa eu refazer, Dr Nelson Peudencio que conquistou 2 medalhas olímpicas e de quebra protagonizou contra um soviético um dos maiores duelos da prova na Cidade do México com mudanças constantes de liderança e um recorde mundial que, foi mudando de mais até o último salto, Dr pois ele proceguit na vida acadêmica os ideais que seriam importantes em sua vida como professor.

Que tal mudarmos de ares e mencionar Luiz Gama, que foi o primeiro advogado negro que por não poder cursar direito, por direito, fez como ouvinte todo curso e munido dos conhecimentos adiquiridos advogou, aconselhou, orientou e libertou uma Ligiao de negros deste país e que teve seu reconhecimento apenas em 2015, ele que viveu entre 1835 e 1882, poxa levou tempo esse reconhecimento !

Eu poderia ficar aqui sitdndo incentires, médicos, poetas, escritores, professores, cientistas etc..., que por conta da coragem daqueles que passaram e de forma inocente romperam com padrões estabelecidos, nos dão a chance hoje de sermos muito mais negros orgulhosos de um povo que junto com brancos, amarelos, pardos fazem um país melhor, mas que ainda sim precisa respeitar mais no negro deste Brasil!

Como pudemos perceber tudo que temos foi conquistado com resultados e pensamentos positivos e neste mês de novembro fica o registro do meu agradecimento a todos nós negros de pujança deste país, do mais humilde limpador de latrina ao mais importante que já foi presidente da nação importante do mundo.

Faço esse agradecimento não por ser mês da convciencia, e sim pelo fato de respeitar a história de uma raça influente sim, importante sim, possível sim, grande inventores sim, influenciadores sim, mas que encontram dificuldades impostas por uma minoria ao seu lugar de fato nesta sociedade capitalista que amassa e dificulta a vida dos que vivem à margem, que são a maioria.
www.robsoncaetanodasilva.com.br
#robsoncaetanomedalhistaolimpico
#robsoncaetanooalestranteolimouco
#écoisadepreto

domingo, 15 de outubro de 2017

Chances in life Robson Caetano

Oi! Olá! Como vocês estão?

É *EM CASA* que as crianças devem aprender a dizer:
01 - Bom Dia
02 - Boa Tarde
03 - Boa Noite
04 - Por Favor
05 - Com Licença
06 - Me Desculpe
07 - Me Perdoe
08 - Muito Obrigado
09 - Grato
10 - Errei
É *EM CASA* que também se aprende:
01 - Ser honesto
02 - Ser pontual
03 - Não xingar
04 - Ser solidário
05 - Respeitar a todos: amigos, colegas, idosos, professores, autoridades
Também *EM CASA* é que se aprende:
01 - A comer de tudo
02 - A não falar de boca cheia
03 - A ter higiene pessoal
04 - A não jogar o lixo no chão
05 - Ajudar os pais nas tarefas diárias
06 - A não pegar o que não é seu
Ainda *EM CASA* é que se aprende:
01 - A ser organizado
02 -  A cuidar das suas coisas
03 - Não mexer nas coisas dos outros
04 - Respeitar regras, usos e costumes
05 - *Amar a Deus*
Porque *NA ESCOLA* os professores devem ensinar:
■ Matemática
■ Português
■ História
■ Geografia
■ Língua Estrangeira
■ Ciências
■ Química
■ Física
■ Biologia
■ Filosofia
■ Sociologia
■ Educação Física
■ Artes
E apenas reforçam o que o aluno aprendeu *EM CASA*!!!
*NA ESCOLA* NÃO se aprende sobre:
1 - Sexo
2 - Ideologia de Gênero
3 - Ativismo LGBT
4 - Comunismo
5 - Esquerdismo
6 - Islamismo
Porque com o que se aprendeu *EM CASA* respeita-se tudo e todos.
*"UMA CAMPANHA CONTRA A INVERSÃO DE VALORES E A FAVOR DA FAMÍLIA E DE UM MUNDO MELHOR!!!"*
*Repassem a todos os seus contatos!!!*
*Lutemos e oremos pelas nossas famílias!!!*
Fica a dica
#robsoncaetanomedalhistaolimpico
#tobsoncaetanopalestranteolimpico
🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻🙏🏻

Robson Caetano convida